sexta-feira, 27 de abril de 2012

Deus não dá asas às cobras!

Oi, pessoal!

Nossa, hoje já é sexta-feira e eu acabo de decidir que preciso jogar minha agenda no lixo!


Os dias passam tão rápidos por mim, e eu vivo anotando tudo o que preciso resolver naquele determinado dia, e haja borracha para apagar tudo e passar para o dia seguinte, porque não dou conta de nadica de nada! Ufa!
Sempre me diziam que depois dos 18 a vida andava mais rápido, mas a minha (aos 30) não anda rápido, ela voa!


Num dos pouquíssimos intervalos na correria, sentei no sofá para tirar os sapatos e descer do salto ao final do dia. Liguei a TV e vi uma menina que eu considero uma das brasileiras mais bonitas que eu já vi: Ildi Silva.


Ô moça lindona! Não é à toa que deixou o Lenny Kravitz babando por seus belos olhos e pele marrom-bombom (lembrei da Lady Kate do Zorra Total...rs)


Pois bem, essa modelo nasceu com os atributos que todo mundo se mata pra ter. Ela é um arraso de lindeza.


Maaaaas, quando abre a boca ninguém merece. Já assisti a uma entrevista dela e mudei de canal, tamanho vazio que tomou conta de mim. Ela volta e meia faz uns bicos em novelas, mas vou te contar...Fernandas Montenegros da vida devem se sentir ultrajadas!


Ai, meu Deus! A menina é famosa, já fez seu pé de meia, conheceu o mundo modelando, é dona de uma beleza que bota a Naomi Campbell no chinelo. Já tá bom, não tá não? Pra quê inventar de fazer o que não sabe, gente?


Tem gente que nunca está satisfeita...rsrsrs


Beijinhos e um lindo fim de semana para todos!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

São Jorge, por favor me empresta o dragão!


Bom dia, pessoal!

Como estão de feriadão? Aqui no Rio hoje também é feriado, dia de São Jorge.

Pra ser bem franca, meu feriado começou mal, muito mal.

Acho que precisava de um baita dragão emprestado para dar jeito na vida, sabe?

Já me tornei o tipo de pessoa que não gosta mais nem de ver TV ou ler jornal, de tão cansada com a violência que anda por aqui, e ainda escuto que '-Não, a pacificação do Rio não está afetando as demais cidades!'

Pois sim! Troco de canal na hora, porque paciência tem limites! 

As coisas por aqui estão ficando muito complicadas, e não éramos acostumados com isso, com esse toque de recolher implícito, com essa pressa de descer do ônibus com a chave de casa na mão, nunca reparei como o portão da garagem demora a abrir e a fechar.

Aqui no meu prédio tivemos alguns problemas graças a um vizinho e a confusão foi forte. Sabe o interfone que fica no portão dos prédios? O daqui foi incendiado provavelmente por credores do sujeito, segundo a vizinhança!!!

Como se isso não fosse a cota suficiente para uma mera moradora interiorana das adjacências da Cidade Maravilhosa, meu feriado começou comprovando a tese de que a 'Mancha Criminosa' migrou para o lado de cá da Baía de Guanabara, sim.

Sábado fui visitar minha avó e levar as crianças para passear no Parque, gastar bastante energia e criar uns anticorpos em contato com bastante terra!rs

Até que a tal mancha pintou por aqui e roubou o carro na porta da minha garagem!

Graças a Deus nada de pior aconteceu e ninguém mexeu em 1 fio de cabelo dos meus pequeninos, mas é uma sensação tão desesperadamente frustrante...

Meu coração está agradecido por ninguém ter se machucado, mas ao mesmo tempo apertadinho de imaginar pessoas horríveis assim tão ao alcance das nossas vidas.
Imaginar que ali, na exata calçada por onde eu passo todo santo dia, passou um bandido me dá arrepios.

Fui parar na delegacia e enquanto o policial registrava a ocorrência, ouvíamos a transmissão da rádio policial, relatando incontáveis roubos e furtos de carro, alguns chocantes pela violência desmedida...

A sensação é de que realmente estamos sós. Só podemos mesmo contar com a ajuda de São Jorge...

Salve, então, São Jorge!

E apesar de tudo, desejo a todos uma semana de alegrias, saúde e PAZ!
Beijinhos

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Meus 15 minutos como vegetariana!


Oi, docinhos!

Como passaram o final de semana, tudo bem? Espero que esteja todo mundo animado para mais uma linda semana que se inicia!

Como vocês já sabem, aqui é um lugar para dividir a vida, e isso inclui as derrotas e os percalços do caminho...fazer o quê?!

Eu adoro cozinhar para a minha família, mas só quando estou animada, detesto aquela obrigação de ter que voltar pra casa correndo para colocar feijão no fogo! Isso não me pertence!

Eu gosto de carne, em especial a de frango. E adoro galeto! Caco Antibes que não me leia! hahaha

Pois bem, resolvi fazer um agrado para meus fofuchos e comprei 2 franguinhos lindinhos para assar em casa. Tirei o saquinho de miúdos e coloquei numa vasilha sem dar a menor importância. 

Lavei beeeem, e temperei com as coisas mais gostosinhas no mundo dos frangos: alecrim, sal, limão e alho. Huummm...

Pois bem, terminada essa tarefa, coloquei os queridos numa vasilha com caldinho para pegar bem o gosto, de um dia para o outro. 

Aí me lembrei que meu digníssimo Papyto adora farofa de miúdos de frango. Quando peguei os saquinhos de volta da vasilha inicial (que já estava até na geladeira), reparei que os pés estavam lá. Desculpa, gente, eu respeito quem curte, mas pé de galinha eu não cozinho nem que a vaca - ou o frango, tussa! A parada é estranha demais e está além das minhas forças.

Tratei logo de dar sumiço neles antes que o interessado os visse e requisitasse da escrava branca (eu!) uma canja, só para ter desculpa de comer os pés. Na-na-ni-na-não!

O problema começou nesse ponto. Quando tirei os pés do saquinho, senti uma espetadinha na mão, e já não gostei de ter sido cutucada pelas unhas do falecido. 

Mas o pior estava por vir! O que me cutucou não era uma unha, e sim um bico!
AAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!
A cabeça do frango estava no saquinho de miúdos!!!!

Entrei em pânico geral!!! Eu olhava para o bicho, o bicho olhava pra mim...coisa triste! Decidi que não comeria mais frango nunca mais! Que pessoa sem coração e alma eu sou por comer um bichinho que um dia ciscou livre por aí!

Tentei manter a calma e agir como uma adulta: fui até o quarto e chamei meu pai para recolher os restos mortais do penoso. O problema é que eu fiquei tão desesperada com aquela visão, que enquanto na minha mente eu pedia para meu pai jogar aquilo fora, eu na realidade comecei a chorar descompensada.

Meu pai é uma criaturinha muito fofa, e começou a me consolar! Ficou abraçadinho comigo falando: 'Minha filha, não fica triste não!' E com lágrimas nos olhos de me ver chorar!

Aí lascou de vez! Não conseguia parar de chorar de pânico de ter visto a cabeça do frango me olhando e meu pai não ajudou! kkkkkkkkkkkkkk

Enfim, depois de muito chororô eu expliquei tudo e o convenci a recolher os saquinhos e jogar no lixo (lá na lixeira do prédio e não na minha, claro!). Nessa altura a farofa seria de manteiga e olhe lá.

Depois que me recuperei e contei para ele em detalhes a descoberta triste, quem ficou triste foi ele: queria tanto uma canja com os pés que foram pro lixo...

No almoço do dia seguinte eu fui a chacota da família, mas a vida é assim! O importante é que o frango ficou uma delícia...rsrs 

Beijinhos de ex-vegetariana para todos!
Boa semana!

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Quer me enganar? Me dá bala...

Oi, pessoal!

Como foram de Páscoa? Enfiaram o pé na jaca e hoje acordaram cedinho para correr até extravasar a última caloria do chocolate, não foi???? hahahaha

Minha Páscoa foi realmente abençoada, ao lado da minha família que me deixa louca, mas pela qual sou loucamente apaixonada! 

Estava vendo um programa qualquer na TV, que não faço ideia nem de qual canal era. Não nasci para TV a cabo, esse negócio de ficar reprisando filme a semana toda, séries então...quando você pensa que o negócio vai, ele volta! Mais precisamente volta 3 temporadas e aí já embananou tudo. Enfim, isso é assunto para outra hora!

O assunto de agora é a Sandy. Para tudo! A menina agora diz que luta?! Hein???

Eu até gosto dela (na verdade eu sou bobinha e gosto de tudo - logo, não sou parâmetro), mas em uma coisa  eu concordo com as pessoas: ela não convence em papel nenhum!
Eu tinha a fita k-7 (quem falar que não conhece será sumariamente excluído!rs) que tinha aquela musiquinha "Maria Chiquinha" e acabava com todas as pilhas do universo familiar ouvindo e repetindo pela casa 'Qui qui ocê foi fazê nu matu, Maria Chiquiiiiinha?' kkkkkkkkkkkkkkkkk

Aproveito para mandar um beijo para minha prima Aía que gentilmente me cedia seu walkman com eliminador de pilhas! Modernidade, hein! E ficava bom para todo mundo: para mim, porque a pilha não acabava e a voz da Sandy não engrossava (a do Júnior nem com pilha fraca, mas abafa!rsrs) e para toda a família, que tinha a segurança de que eu ia estar presa a alguma tomada e não azucrinava ninguém fora daquele pequeno perímetro. hahaha

Voltando à vaca fria! 
A Sandy não se cansa de me impressionar - no pior sentido do negócio, claro!
Casou com aquele picolé de chuchu que toca oboé.

Largou o irmão (provavelmente com medo do armário abrir e atrapalhar a carreira) e tem carreira solo (cadê?).

Inventa de imitar a Shakira e também cisma de usar seus Pés Cansados (#vergonhaalheia)
Acorda um dia se sentindo a Paris-Campinas Hilton e inventa de ser Devassa. Ainda bem que cerveja ninguém compra pela propaganda, porque se dependesse disso...falência!


E agora joga a pá de cal na última gota de admiração que eu tinha por ela: quer virar lutadora de MMA!

Quando eu vi o programa contando como é pesada a rotina de treinos de boxe da Sandy quase fiz xixi no sofá. Me poupa, vai! Faz as pazes com seu irmão e volta para o Paulinho Vilhena, sua boba!
Ou então vou torcer para o Aranha te dar um peteleco!
Humpf!

E tem mais: só vou liberar comentários elogiando a Sandy de quem me pagar uma caixa de Skol. Sim, porque Devassa nem pensar! kkkkkkk

Beijinhos a todos!

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Muita modernidade!

Oi, pessoal!

Andei sumida, né? Muito trabalho, muito trabalho...e agora tudo vai ficar pior, porque ficarei 1 mês sozinha na labuta. Ai, Jesus, me dê muita força porque o bicho tá pegando!!!

Mas, vamos às fofocas que nos interessam!

Muito obrigada pelos votos de felicidades para Juju. O aniversário dela foi tão bacana, ela tava tão lindinha e feliz. Meu coração se alegrou profundamente.
Garibaldinho estava num mau humor do cão, chorando para tudo e para todos, e é incrível como choro de criança desgasta a gente, né? Não tô preparada pra isso! rsrs

Ah, e essa semana me deparei com uma coisa para a qual também não estou nada preparada!!!

Estava num consultório esperando pacientemente (já com queda de pressão) a minha vez de ser atendida pela oftalmologista quando vi que ao meu lado havia uma bolsa de couro preto com tachinhas, super linda e mesmo com os apliques metálicos era super feminina e delicada.


Uma senhora pediu que eu tirasse a 'minha' bolsa para que ela sentasse - só de palhaçada, porque havia vários lugares vazios!, e mesmo a bolsa não sendo minha, dei um 'chega-pra-lá' nela e a moça sentou. Achei que fosse de uma menina que lia concentradíssima uma revista do século passado, dessas que só acumulam germes nos consultórios. Ledo engano!

Saiu de um dos consultórios um rapaz (feio, coitado...mas voltemos ao assunto) meio loiro, alto e um pouco gordinho, e pegou a bolsa. Tá. Deveria ser da mãe, da namorada, irmã...não sei.

Putz...quando ele chegou perto de mim pude ver que ele usava um maxi-colar feminino lindíssimo, com pedras quadradas e brilhos até não poder mais!

Ai, ai, ai! Isso é ser moderninho? Ok, mas peralá, prestenção! 


O menino (não sei qual o termo politicamente correto para designar a figura) usava uma camiseta estampada, short jeans desfiadinho, All Star branco, MAXI-COLAR E BOLSA DE TACHINHAS.

Fiquei chocada. 

Quer ser menino? Seja!

Quer ser menina? Seja!

Quer ser tudo-junto-e-misturado? Isso me confunde! Acho que não nasci com o aplicativo necessário para absorver tanta novidade...rsrsrs

Vocês estão preparadas para essa integração de closets???? hahahaha

Beijinhos e vamos curtir o feriadão, docinhos! 

ps.: pelo amor de Deus, nada de preconceito quanto à opção sexual de ninguém! A crítica é só em relação à incompatibilidade das peças do look do sujeito, nada além disso!