sexta-feira, 29 de julho de 2011

Mais uma página



Oi, docinhos!
A vida às vezes nos apresenta momentos em que é muito importante virar a página.
Não, não acredito que haverá uma nova história linda e pronta me esperando.
Não quero contribuir apenas com os suspiros ao ler 'E viveram felizes para sempre', quero a emoção, o medo, a incerteza e a coragem de receber da vida uma nova página.
Branquinha, nova em folha.
Quero também perceber quais são as melhores cores para que eu preencha cada cantinho dessa nova folha com muita alegria, sabedoria, amor, paz e fé.
E quero também uma borracha, bem grande, que é pra apagar o que não estiver bonito o suficiente na minha nova página.
Quero ajuda de todos os que me fazem bem, que despertam em mim a vontade de mostrar cada linha das minhas páginas. Se a gente deixar cair um pouco de sorvete ou de lágrimas, tudo bem também! Será sempre uma recordação de momentos importantes!
Não quero, e não vou, rasgar as folhas antigas, senão pode começar a desfolhar tudinho...e todas as coisas boas até agora serão levadas pelo vento. Não trocaria uma vírgula de nenhum registro até hoje, pois cada pinguinho nos 'is' foi responsável por me trazer até o final da página. Agora eu escolho e preciso virar a folha.
Boa sorte para mim! Para nós!

Beijinhos a todos e um lindo fim de semana!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Educação...cadê, cadê???

Oi, docinhos!
Como vocês estão? Espero que todos muito bem, felizes e serelepes!

Tirando o blogger, que está no último grau da esclerose, porque ô negocinho pra dar problema. Aí juntou com a minha pessoa excluída digital...lascou tudo! Não tenho conseguido visitar minhas novas amiguinhas, pois os perfis não abrem desde o fim de semana. Assim que conseguir eu visito todas as carinhas novas com muito prazer! Aguardem, eu tardo mas não falho! rsrs

Mudando de assunto, hoje eu vi uma cena que me fez azedar!

Estava eu paradinha quietinha no meu canto quando vejo uma grávida com um barrigããão desses que dá até nervoso, andando com um garotinho mínimo ao lado, provavelmente seu filhinho.

Daí vocês devem estar pensando: nossa, por quê a Fá está amargurada desta forma diante de uma imagem tão bacana?!?!?

Porque a infeliz estava fumando, vocês acreditam num troço desses?

Sou completamente a favor das liberdades individuais e não critico quem cultiva o vício que for.

Eu mesma, tenho total consciência de que minha relação com a comida vai além do saudável. Tenho compulsão alimentar e sei que a maior parte dos alimentos que eu mando pra dentro servem para preencher meus vazios interiores, minhas carências são supridas com bastante açúcar (vide o nome do blog!). Isso é ruim? Péssimo!

Mas vem cá, seja honesto: eu te obrigo a comer um pudim inteiro contra a sua vontade? Você sofre algum atentado à saúde por causa das minhas bombas de chocolate? Minha torta de limão te faz fazer careta?

Então não me obrigue a morrer de câncer de pulmão ou enfizema pulmonar, caramba!

Quer se matar, vai que é tua! Eu tô fora, e gostaria muito que você respeitasse minha decisão de respirar na santa paz de Deus e do oxigênio!

Raça difícil é viciado. Eu não suporto que fiquem regulando minha comida, mas tenho respeito pelas pessoas. Não como doce perto das crianças antes do almoço, não como açúcar perto da minha avó, não como fritura na frente do meu pai...

Não sei quanto a vocês, mas eu ainda não conheci um fumante sequer que tenha um pingo de semancol. Acho que a nicotina é incompatível com o aplicativo da preocupação com o próximo, só pode ser!

Começando pela minha família: minha madrinha fumava até dentro do carro! E mesmo que não fosse o dela!!!! Fala sério! Tem coisa pior?

Meu primo veio fazer uma cordial visita no meu aniversário, e aproveitou para conhecer o bebê do meu irmão. E começou a fumar dentro do meu apartamento, é mole?!?

Perdão aos leitores fumantes, mas quando me encontrarem na rua, por gentileza: apaguem seus cigarros!

Esse blog é saudável, com as bochechas coradas e a pele bem radiante!

Viva!!!

Beijinhos a todos!

domingo, 24 de julho de 2011

É o fim

Bom dia, periquitas domingueiras!

O post de hoje provavelmente vai desagradar a gregos e troianos, mas vambora!

Ontem quando ouvi a notícia da morte de Amy Winehouse, meu primeiro pensamento foi: 'fala sério, a criatura viveu como mal exemplo e morreu como um também!'

Agora, com a informação já devidamente digerida, já estou absurdamente de saco cheio de ouvir que a 'Diva' (oi?) era uma coitadinha, uma vítima do passado familiar conturbado.

Peraí!

Quer dizer que segundo esse pensamento primitivo e permissivo o irmão da Suzane von Richthofen pode virar o Bandido da Luz Vermelha-parte II? Sim, porque -coitadinho, a irmã matou os pais, ele ficou sozinho, desolado, perturbado...me poupe, hein!

Errar faz parte da nossa natureza, mas a extensão dos nossos erros é estritamente da nossa responsabilidade, não vale colocar a culpa na mãe (foi mal, Freud!), no governo, no salário, em Clara e Ana e em quem mais chegar!

Sabe o que me deu pena? Foi pensar que ela escolheu se matar, e que na minha opinião ela já estava fazendo isso desde sempre, ontem foi só o último ato da turnê suicida.

Que ela descanse em paz e que outros maus exemplos deixem a gente em paz também.

Não acho que alguém tem a obrigação nem mesmo moral de ser politicamente correto para servir de padrão para outras pessoas, acho que cada um deve ser livre para fazer o que quiser, pensar o que achar correto.

É justamente nesse direito que me baseio para achar que mereço ter como 'Diva' uma pessoa que tome banho, não use drogas, não agrida ninguém, não maltrate as pessoas e não queira que o mundo se exploda em troca de uma pedra de crack. Pra mim, ser diva requer muito mais do que uma bela e potente voz. É preciso ter o que falar com essa voz.

Beijinhos a todos e um excelente domingo!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Yes, a gente pode!


Oi, pessoal!

O nosso assunto de hoje é um desabafo que não me orgulha nem um pouquinho!

Uma pessoa conhecida minha foi assaltada na segunda-feira em plena luz do dia num lugar super movimentado.

Ela estava no seu carro, fazendo um retorno que exige redução de velocidade, quando o alçapão do inferno se abriu e saíram 2 elementos que vieram em sua direção.

Um deles, com sua arma em punho, deu uma coronhada certeira no vidro dela e estilhaçou tudo, dando ordem para que ela pulasse para o banco de trás. Assim ela fez. O infeliz além de safado era idiota e desconhecia o próprio ofício, porque não conseguiu sair com o carro que era automático. Resultado: apontou a arma para ela reclamando sobre ela ter bloqueado o carro - 'tá maluca, p%$#?'

Quando ela finalmente ensinou como dar partida no carro, os bandidos resolveram que a levariam a um caixa eletrônico para sacar toda a grana que conseguissem. Por fim, depois de muito argumentar, eles se contentaram em ficar com o carro, a bolsa e todos os pertences dela, e acabaram largando a moça num fim de mundo que nem no mapa está.

Essa é a história de uma amiga. Poderia ser a sua história. Poderia ser a minha história.
Sabe o que mais me assustou? Assim que soube, fiquei visualizando mentalmente o local da abordagem calculando se seria possível que ela os atropelasse antes que eles consumassem o assalto. E mais assustador é chegar à conclusão de que, se fosse possível, eu os atropelaria para me defender sem nem um pingo de dó.
A história dela acabou bem, graças a Deus. Mas quem gostaria de pagar para ver? Eu é que não!
Constatar que eu vivo num mundo em que há pessoas que perderam absolutamente todo o respeito pela vida é triste, muito triste.
Constatar que para nossa preservação acabamos cogitando desrespeitar a vida alheia é mais triste ainda.
Bom, é com esse sentimento de insegurança e descrença que encerro esse desabafo.
Muita paz para todos nós!
beijinhos

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Elogiar faz bem!

Bom dia, pessoal!

Eu andei pensando muito em diferentes momentos profissionais que tive, e em como pude crescer e aparecer com eles.

Claro que como a maioria dos reles mortais, fiz algumas escolhas meio écas pelo caminho, mas o importante é seguir em frente e de preferência esperta para não cometer os mesmos erros. Errar tudo bem, mas vamos arrumar problemas diferentes senão não tem graça!rs

E nesse meu flashback trabalhista, lembrei de alguns elogios que foram muito importantes para mim. Não sou de ferro nem cara de pau o suficiente para ser blasé e dizer que elogios não mexem com a minha vaidade. Mexem sim!!

Atualmente trabalho num lugar em que, como quase todo lugar público, é complicaaaaado, e mesmo assim tenho a sorte de ter feito amigos muito fofos por lá e tenho oficializado um elogio na minha ficha funcional que veio justamente da superior que eu mais admiro. Não tenho do que reclamar, né!!

E rememorando os elogios, um que tocou meu coração foi recebido de um ex-Chefe muito, mas muito querido.

Acertar na mosca quando a gente segue uma linha de atuação é sempre bom. Ter saídas brilhantes para problemas complexos é 10! Mas isso tudo se aprende, seja num livro, na ajuda de um amigo ou com os calos do tempo.

Porém, existem certas coisas que não tem tempo que dê jeito, e essas são as mais incríveis!

Então, hoje relembro com o maior orgulho o elogio que esse ex-chefe me fez. Eu era tão novinha, nem tinha saído da faculdade ainda, mas ele me deu 'A' chance profissional e me nomeou para trabalhar num lugar que até hoje foi o meu preferido disparado.

Fiquei insegura e fui honesta com ele, destacando toda a minha inexperiência, ao que ele me disse:

"-Fátima, tudo o que você vai fazer lá pode ser aprendido, e eu tenho certeza que você vai logo conseguir sua independência. Estou fazendo esse convite e você é a pessoa que eu quero levar porque tem uma coisa que temos ou não: retidão. Eu sei que posso deixar ouro em pó na sua mão pelo tempo que for e quando voltar vai estar lá tão bem cuidado como se eu nunca tivesse saído. Isso não se aprende, se tem ou não."

Qualquer um pode comprar livros, fazer faculdades, especializações, cursos, blábláblá, mas ter o privilégio de ter a completa confiança de alguém, isso sim não tem preço!

E aí, que tipo de elogios nos importa colecionar?

Beijinhos a todos!

sábado, 16 de julho de 2011

Todo dinheiro é pouco!

Oi, pessoinhas!
Tudo bem com vocês?

Eu não sei se vou pro céu quando morrer (tomara!), mas se eu for vocês podem ter certeza que pretendo ter um tête-à-tête com o Criador do porquê Ele ter deixado o encardido criar as baratas!

Claro, porque não pode ter sido Deus a criar um troço desses de jeito nenhum!

Essa semana tive uma conversa super nojenta no trabalho, estávamos discutindo os valores de indenizações e soube de um caso em que uma mulher achou uma barata numa lata de leite condensado! Putisgrila...

Eu trabalhei com uma menina que foi almoçar e para a sua surpresa, a salada de maionese continha mais proteína do que o previsto: proteína 100% animal na sua composição!!!

Imagina se uma coisa dessas tem preço!? A minha indenização seria toda gasta na clínica psiquiátrica onde eu passaria o resto da vida comendo só papel A4 - branco, o reciclado já nem ia servir mais!

Uma vez conversando sobre esse absurdo que é a existência das baratas no mundo, uma enjoadinha metida a ecologicamente correta disse que elas são necessárias para manter o equilíbrio da cadeia alimentar de ratos, cobras e sei lá mais quem. Agora vamos combinar: E PRA QUÊ QUEREMOS RATOS, COBRAS E SEI LÁ QUEM MAIS???? Ah, pra cima de mim???

Uma amiga colocou uma foto da primeira barata que ela matou no Facebook, e um espírito sem luz reclamou do assassinato, disse que na filosofia hindú a barata pode ter sido um parente de outras vidas. Fala sério, se alguém fez algo para merecer voltar ao mundo como uma barata a chinelada foi mais do que justa!

Enfim, não me conformo com esses habitantes nojentos! E, tirando a explicação ecológica, essa porcaria de bicho não serve para absolutamente nada! Não puxa uma carroça, não dá um bife, não ajuda a cuidar da casa, não distrai uma criança, não faz gracinha quando a gente chega em casa, não bota um ovo...

Diz se eu não preciso tirar essa história a limpo com Deus?!

**********************

Mudando de assunto:

Quero agradecer de coração às mensagens de carinho e votos de boa recuperação para Papyto, está tudo correndo super bem, graças a Deus!

Como disse meu irmão, a parte dele que precisa de conserto não é o olho, e sim o ouvido - assim ele escuta que precisa fazer repouso!rsrs

Beijinhos a todos!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

A natureza segue seu curso

Oi, pessoal!

Como vocês já sabem, agora esta blogueira é uma senhorita trintona!

Acho que estou bem conformada, inclusive a natureza -muito sábia, nos manda mensagens subliminares de que o tempo passou e a gente vai se acostumando.

Quer ver um exemplo de que a adolescência não te serve mais?

Você leva suas primas adolescentes para assistir a Crepúsculo, e vai animadíssima, se sentindo a cocotinha jovem achando que vai se apaixonar pelo vampiro (muito pálido e tem cabelo sujo, não gostei) ou pelo lobisomem...que não é de se jogar fora, obviamente:


(Taylor Lautner, o lobisomem de Crepúsculo)
E aí o que acontece??? Você sai do cinema suspirando pelo PAI da mocinha! Ô vida...rsrs


(Billy Burke, o pai da mocinha de Crepúsculo!rs)


Então você pensa que esse foi só um fato isolado e resolve dar outra chance à juventude. Vamos lá, sentar no sofá e assistir a Gossip Girl. Fica impressionada em ver como aquele mundo está no seu passado, mas o Nate é uma gracinha. Tudo bem que essa crise existencial do que ele quer ser quando crescer não te deixa lá muito empolgada, mas vamos reconhecer que ele é lindo! De boca fechada, vai!


Então quando você está quase convencida de que ainda vive um teenager dentro de você, o mundo desaba em frente aos seus olhos. Surge para você o mais bonito de todos da série!!! E quem é ele? O PAI do mocinho:



(Matthew Settle, o tiozinho de Gossip Girl).

Pois é, gente. O tempo passou...hahahaha
A natureza sabe o que faz mesmo.

Peter Pan, adeus!

Beijinhos a todos!


OBS: ainda não tive tempo de visitar todo mundo porque meu pai operou ontem, mas como hoje estou de enfermeira, vou conseguir! Obrigada a todos pelo carinho!

terça-feira, 12 de julho de 2011

De repente...30!




Bom dia, pessoal!


Repararam como o dia hoje está mais lindo, alegre e sorridente? Querem saber o porquê?


É meu aniversário!


Eu sempre ouvi aquela história de que depois dos 15 a idade voava, mas não sabia que voava na velocidade da luz! Hoje completo meu bi-debut! 15+15!


Ainda não sinto a idade pesar, a menos é claro quando as crianças perguntam quantos anos eu tenho e depois de ouvirem a resposta comentam: é muito, né! hahahaha


Fazendo um retrospecto geral da minha vida na última década, orgulhosamente informo que não fiz absolutamente nada do que queria. Ainda não casei, ainda não tenho meus 5 filhos, ainda não comprei minha casa na praia, ainda não passei o reveillòn em Paris, nem na Disney, ainda não fui indicada para Ministra do STF, ainda não conquistei meu primeiro milhão...enfim! Muito trabalho me aguarda na próxima década! Aos 40 já vou ter eliminado todas essas pendências. Ou não, que seja!


O que importa hoje é que estou satisfeita em ter a idade que tenho, em ter o que a vida me dá a cada dia, em ser quem eu sou. Acho que essa é a tal felicidade. Afinal, só as mulheres de 30 sabem ser felizes! Viva Balzac!


Feliz aniversário para mim e muitas alegrias e desafios para todos nós!


Em qualquer idade, a qualquer tempo!


Beijinhos a todos!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Nunca é cedo para estar na moda

Oi, pessoal!


Já cansei todos vocês com minha babação pelos meus sobrinho, né? Mas calma! Este não é um post sobre a arte de ser tia, e sim sobre a arte de se vestir em camadas!


Acha que isso não funciona? Vai lá no blog da Gi Salmazi ver que eu espero...voltou?


Olha só que baby mais it esse meu pitoquinho!


Primeira camada: fralda!
Segunda camada: body!


Terceira camada: meias!



Quarta camada: calça de pezinho!





Quinta camada: macacão de plush (trend nas melhores maternidades de Paris, tá!rs)



E para finalizar, a sexta camada: luvinhas.
O penteado baby moicano é só pra dar um charminho...rs
E aí, gostaram do look do dia?


hahaha


Beijinhos a todos!








quarta-feira, 6 de julho de 2011

Dicas para organizar suas joias e bijouterias

Oi, pessoal!

Semana passada recebi um e-mail de um divulgador da loja virtual Infinity Alianças, que gentilmente nos ensina a cuidar de nossas amigas joias e bijus. Fui conferir a loja e tem cada coisa lindíssima! Pena que vivo dura!rs

Até dei a ideia para ele realizar um sorteio para divulgar a marca e fazer alguma blogueira feliz, vamos torcer para a ideia vingar!rs

Quero deixar claro que só estou fazendo uma gentileza para uma empresa que acabei de conhecer por causa do pedido de seu divulgador. Não comprei nada lá e nem conhecia a loja antes desse contato, logo: não me responsabilizo, hein! Mas acho que vale a visita, afinal, mesmo sem grana no bolso, ver coisas bonitas nunca é demais!

Seguem as dicas da loja para aproveitarmos bastante nossos balangandãs!

Beijinhos a todos!



*******************************************************************

Dicas para Organizar as Suas Joias e Bijouterias
A melhor maneira de organizar a sua coleção de joias é fazer uso de caixas específicas para este fim. Elas não só ajudam a manter os itens corretamente classificados, mas também os protegem do desgaste normal.

Você também pode manter duas caixas de joias, uma para guardar preciosidades e outra para as bijouterias.
A próxima etapa será composta de organizar suas joias. Durante esse tempo, faça uma pilha separada de todos os itens que você não usa e outra para as peças quebradas, que você pode tanto mandar consertar ou simplesmente jogar fora.
Divida as joias preciosas por tipo, com as pilhas separadas para anéis, brincos, colares e pulseiras. Isso ajudará você a saber o tamanho da caixa de joias que você vai precisar, assim como a quantidade e o tamanho das seções necessárias. Agora, repita o mesmo passo com as bijouterias.
Você precisa comprar duas caixas de joias, uma para as preciosas e outra paraas bijouterias. Certifique-se que as caixas possuam um revestimento de tecido, para evitar riscar suas peças. Lembre-se que, se utilizada para o seu pleno potencial, uma caixa de joias pode realmente ajudar você a manter todas as suas joias bem conservadas.
Antes de colocar suas joias dentro da caixa, é necessário limpá-las completamente. Use produtos próprios para realizar a limpeza de cada uma das peças. Quanto às bijouterias, basta usar uma escova e um líquido de limpeza para limpá-las, e deixar secar.
Comece com organização das joias. Mantenha os colares na maior parte da sua caixa. Seja um pouco cuidadosa, para não danificá-los. Ao mesmo tempo, não coloque as peças a esmo, senão você poderá causar um emaranhamento e outros danos aos colares. Em seguida, coloque as pulseiras em uma pequena seção, depois os anéis, as alianças, e daí por diante.
(anelzinho lindo que ganhou meu coração!)


Confira os modelos de alianças de noivado na Infinity Alianças (infinityaliancas.com.br).

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Socorroooo

Oi, pessoal!
Eu já tenho até tendinite de tanto escrever que não entendo muito (ahã) de moda.
Mas na minha amada ignorância fashion, eu posso dizer do alto da minha sapatilha: eu sei o que é feio!
Tava fuxicando um site de compras online que às vezes tem umas coisas bem legais, mas dessa vez fiquei até com medo de travar meu note de tanta coisa feia!
Ó só:
Para aquele evento especial, em que você faz escova, depilação, passa horas no salão fazendo as unhas (depois da Simone aconselhar seu esmalte), usa todas as dicas da Maria Ester para limpar, tonificar e hidratar a pele, capricha na make para arrasar! Agora me diz, de quê adianta se depois de tudo isso você vestir um macacão de Iguana Psicodélica feito esse??? Por que fizeram isso??? Olha só a cara de derrota da modelo (tudo pelo dinheiro!), gente!!!



Ah, sim! Como se a roupa já não fosse ridícula o suficiente, tem o detalhe do dedinho embrulhadinho! Agora sim, ficou bonito! kkkkkk
Eu sei, eu sei...vocês devem estar pensando: 'será que esquenta muito?'
Calma, seus problemas estão solucionados com a versão de verão desta pérola da alfaiataria!



Pelamordedeus! Se alguém inventa de postar um look do dia com essas coisas, eu deixo de seguir imediatamente, hein!!!! hahaha
Beijinhos a todas e uma linda semana! (bem diferente desses macacões...)

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Amor sincero

Oi, pessoal!

Todo mundo sabe da minha paixão pelos meus pitucos sobrinhos, e carinhosamente os chamo de chuchus. Tenho a Chuchuzinha, o Chuchu da Dinda, a Chuchu-bebê e agora o Mini Chuchu.

Um belo dia, estávamos aqui na minha casa quando a Isabela reparou num porta-joias que eu comprei para reunir as joias de verdade e separá-las das bijus sem guardar todas nos seus estojos, porque ninguém merece abrir uma porção de caixinhas para achar um par de brincos!

O porta-joias é uma gracinha (35 reais no Mercado Livre!rs), com ótimas divisões e todo forradinho, é super prático para deixar as joias (tô me sentindo a Liz Taylor escrevendo isso!rs) básicas do dia a dia separadas das bijus.


Isabela se apaixonou perdidamente pela caixa e pelo recheio. E veio perguntar:
-Dinda, quando você morrer essa caixa vai ser minha, não vai?
Eu respondi:
-Pôxa, Isa! Você quer que eu morra só para ficar com a minha caixinha??? Estou triste! E tem mais, se eu tiver uma filha menina, quando eu morrer vou deixar para ela!
Isabela pensou, pensou...
-Ah, é?! Então eu nunca mais vou ser sua Chuchu-bebê! Humpf!
:)
Posso com isso? É um amor muito sincero, profundo e desinteressado, né?
Pelo sim, pelo não, tratei logo de comprar uma caixinha de balangandãs pra ela, vai que praga de criança olhuda pega?! hahaha
Tenham um lindo fim de semana!
Beijinhos