domingo, 30 de janeiro de 2011

Mal necessário


A vida impõe um ritmo que não é pra mim.
Eu não ligo se eu não puder ter o carro fantástico carérrimo da propaganda. Eu só preciso de um que ande sem me deixar na mão e que caiba todo mundo bem e feliz.
Eu não preciso da quantidade de bolsas que a Princesa Diana tinha, preciso apenas carregar o que me faz feliz.
Pra quê eu vou querer mais sapatos que a Sarah Jessica Parker se sempre que posso quero caminhar descalça na areia?
Eu não dou a mínima se quem está ouvindo o meu bom dia é advogado, faxineiro, recepcionista, estagiário ou o escambau. Todo mundo merece de verdade ter um bom dia. Igualzinho.
Conversas idiotas de quem ganha salários de muitos dígitos e reclama da vida na frente de quem ganha 1 salário mínimo me fazem sentir vergonha pelos outros (falando nisso, obrigada pelos R$5,00 a mais, Presidenta! O povo agradece...)
Não sei fazer diferença entre as pessoas. Não sou idiota e sempre soube o meu lugar. E é fora dessa mentalidade pequenina de quem acha que é melhor por ter mais.
Quanto engano...
Dinheiro é bom, muito bom. Todo mundo gosta e eu também. Mas as coisas que me são mais caras ele não compra: a minha saúde, a minha alegria, as minhas amizades e a minha vida.
Tá na hora da gente aprender a dizer para o dinheiro quem é que manda nessa relação.
Beijinhos

Eu prefiro SER a TER.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Felicidade faz barulho



Se existe uma coisa que eu preciso aprender nessa vida é a fechar a boca!

No trabalho temos o Clube do Bocão, uma associação sem fins lucrativos que reúne as criaturas mais bocudas da instituição. E é incrível como bocão atrai bocão...

Faço amizades super bacanas sendo bocão, mas junto com o aprendizado constante de saber a hora de fechar a boca, vem a necessidade de ser feliz bem baixinho.

Felicidade chama a atenção, faz muito barulho...e barulho incomoda quem não tem motivos para ser barulhento.

Já repararam que quando a gente está numa festa o falatório é fantástico, a música alta nos anima, o burburinho nos contagia, mas quando a gente quer dormir e o vizinho está dando a festa dele achamos tudo um incômodo horrendo? Pois é, quem tá de fora se incomoda com a felicidade alheia. Fato.

Tenho pena de quem precisa de muita coisa pra ser feliz e nem tendo tudo consegue ser.

Felicidade a gente só pode dividir com quem tem, senão a gente fica sem! (rimou!hihi)

O que não falta é gente de olho na nossa vida e doidinho pra secar uma pimenteira. Às vezes nem é nada pessoal (desculpe, mas às vezes é, sim!), é só a necessidade de espalhar coisas ruins. Nesse caso qualquer pimenteira serve. Pode ser até uma palmeira, uma pitangueira...o negócio é mandar energia ruim.

Por tudo isso acho importante aprender a guardar bem guardadinho nossos tesouros mais preciosos: nossa felicidade, nossos sonhos, nossos desejos e nossos planos.

Vamos ser muuuuuuito felizes! Mas baixinho pra não acordar a inveja de ninguém...

Clube do Bocão - primeiro passo: um dia sem falatório de cada vez.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Correio estraga festa

Oi, meninas!
Que inveja das paulistanas que estão curtindo um feriadão hoje...rsrs

Hoje vim falar de mais um mimo lindo que comprei na Toda Doce Shop, e contar a odisséia que foi essa compra! No fim do ano passado, encomendei 2 pulseiras lindas de viver lá com a Camila (a dona da loja), e fiquei acompanhando a entrega pelo site. Nada da encomenda chegar e eu já estava chateada e ansiosa...até que tinha uma mensagem no site dos correios mandando entrar em contato. Pois bem, entrei em contato e fui informada (isso mais de 2 semanas de atraso pelo correio!!) que o carteiro havia sido roubado e levaram o meu pacote.
Acendi meu cachimbo de Sherlock e passei a pensar:

1 - a encomenda não veio para a agência do correio da cidade, foi para uma cidade vizinha;

2 - esperaram o atraso de 2 semanas para sair para a entrega (?);

3 - como o carteiro foi roubado se a encomenda não deveria vir pelas mãos dele (carteiros não fazem entregas intermunicipais!);

Depois de muito refletir, a minha opinião é: FOI ROUBO SIM. Mas a vítima fui eu!

Com essa sequência de coisas erradas eles ainda acham que alguém acredita? E quem já teve o desprazer de entrar numa agência sabe o que eu estou falando. Coisas somem, coisas são destruídas, coisas são 'roubadas' das mãos do carteiro na rua (mesmo quando sua encomenda estava na rua errada, na cidade errada!)...

Agora eu aconselho que todo mundo que for comprar alguma coisa, acompanhe o rastreamento, e todo mundo que for vender, FAÇA O SEGURO, senão depois para receber é um parto.

A Camila é uma fofa, e resolveu meu problema me mandando 2 outras pulseiras lindinhas, e com a atenção e a consideração que me fazem indicar a lojinha com muito orgulho!

Olha só que graça a embalagem de docinho! É muita doçura, não é não? rs

A pulseira vem toda embrulhadinha. A delicadeza faz toda a diferença na apresentação. Parabéns, Camila!!!
E a pulseira lindona! É trançada de franjinha. Adorei!!!!! E a cor é super discreta, ficou um luxo!!!



Espero que tenham gostado! E que abram os olhos com os Correios, porque é muito chato passar por isso...
Este post não é patrocinado!!!rsrs

sábado, 22 de janeiro de 2011

Resultado do sorteio

Oi, pessoal!

É hoje o dia! Vamos saber quem foi a sortuda que vai levar o colar escapulário para casa!

Vou sentir saudade dele, todos os dias aqui me olhando, pedindo para dar uma voltinha na rua, mas não se preocupem: eu resisti bravamente! hahaha

Pra contar uma novidade, eu não consegui me entender com aquela meleca do Random de jeito nenhum, então fiz um método bem sem noção e vou fotografar a página com o resultado. Arcaico, eu sei, mas era isso ou deixar o sorteio ser feito pelo Jogo do Bicho, então por favor, vamos blogar dentro da lei e aceitar a burrice tecnológica desta humilde blogueira que vos tecla...

Como eu expliquei lá no post do sorteio, recebi comentários desclassificados por natureza (sem ser de inscrição no sorteio), então cada visitante querida recebeu um número, e concorreu com este número. Simples assim.

Como eu também já havia prometido, a ganhadora vai receber além do colar, um mimo surpresa.
Espero que a ganhadora fique bem contente, e agora vamos deixar de blábláblá que eu tô tensa e quero saber logo quem ganhou. Ah, sim, esse post está sendo escrito antes que eu saiba quem ganhou!! Aqui tudo é em tempo real!!! rsrs


E os mimos vão para GOIÂNIA!!! Mais precisamente para a Roberta M., que é do blog querido E isso é glamour ? Espero que ela goste do presentinho!!!

Para quem não ganhou dessa vez, não fique triste, já estou pensando num sorteio para fevereiro (mas esse definitivamente vai ter que ser pelo Jogo do Bicho, porque EU ODEIO O RANDOM.ORG! hahahah)

Beijinhos a todos!

Sempre que me perguntavam na infância que bicho ia dar, eu dizia borboleta...nem sei se vale!rs

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Um pouco de luz nessa vida!

Oi, pessoal!
Continuamos nas orações e torcida para que São Pedro esqueça um bocadinho de nós...
Para alegrar um pouquinho o dia cinzento e chuvoso, nada melhor do que luz!
Daí que eu agora tenho minha luz particular (além da natural...hahaha) que anda guardadinha comigo, adivinhem aonde?
Na bolsa!!! Isso mesmo, comprei uma bolsa lindona, bem basicona como eu gosto.

Essa aqui, ó:

É de couro com trabalho de matelassê. Passei pela vitrine da Paquetá e li a palavra mágica, que abre mais portas do "Abre-te Sésamo" - LIQUIDAÇÃO!!!

Estava em dúvida de qual levar pra casa, mas essa com o forro de bolinhas, com espelhinho e tudo me conquistou!!

ps.: não reparem no meu pijama refletido, tava muito tarde quando eu tirei a foto!rsrs
Agora a coisinha mais cuti-cuti da bolsa:
Adivinha o que é isso?
Tcharaaaan: É UMA LANTERNA!!! hahahaha
Frescura master! A-M-E-I e minha dúvida acabou! Chiquetude procurar a chave na bolsa com minha lanterninha maravilhosa!!!

Vocês já viram isso? Vou confessar que achei muito bacana porque nunca tinha visto. Vá lá que eu não sou nenhuma Brastemp de consumo, mas nunca nem ouvi falar. Então achei super diferente e trouxe a belezinha pra casa!

ps.: “abre-te, sésamo” é uma metáfora que significa “abre-te como um sésamo se abre”. O sésamo em questão é, no português de Portugal, o gergelim, planta que se abre devagar liberando suas sementes. Assim, o que Ali Babá dizia ao chegar em casa era: “Abre-te, gergelim”.

Viram só!!! Blog também é cultura!

Graças à minha lanterna não sou mais um gergelim para achar as chaves! hahahaha

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Oizinho!


Oi, pessoal tão querido!
Agradeço imensamente aos e-mails que recebi com a preocupação de vocês por conta desse caos absurdo e enorme que se instaurou aqui no Rio.
Eu estou bem, graças a Deus!
O bicho tá pegando pra valer na região serrana do estado. Meu irmão mora em uma cidade da região serrana e está todo mundo triste, preocupado, desolado de ver tanta destruição.
Não estou falando de destruição só de casas não (como se isso fosse 'só'!), mas de vidas, de famílias. Não há consolo para quem perde alguém querido numa catástrofe dessa.
Não conseguimos falar com os amigos e parentes, porque as comunicações estão cortadas. Sem telefone, sem internet, sem correio...mas com o coração transbordando de esperança e ansiedade pelo próximo 'Alô?'.
Hoje tinha planejado passar aqui pra escrever um post animado, feliz e bacaninha, mas de todo o coração: não tenho clima pra isso.
Assistir a essas notícias pela TV já é horrível, imagina saber que um amigo seu não está mais lá nem ao menos para assitir TV com você. Nunca mais.
Não estou mais nem lendo as notícias, não estou conseguindo digerir tanta informação negativa. A última imagem que assisti foi da queda de um pedaço de morro onde ficava um teleférico em Nova Friburgo. Minha tia morava lá com sua família.
Lembro que na infância tinha um medo tão grande daquele negócio que ia subindo, subindo, até sumir da nossa visão. Depois a gente cresce e as coisas deixam de ser tão assustadoras. É a ordem da vida.
Mas olhar aquele teleférico hoje me deu mais medo do que todo o medo da infância junto.
Vamos continuar rezando e fazendo a nossa parte para ajudar nossos amiguinhos que estão precisando de coisas materiais e de coragem pra prosseguir.
Se Deus quiser, as coisas vão melhorar. E eu ainda vou postar aqui nesse blog uma foto do teleférico reformado! Se Deus quiser...
Beijinhos e um fim de semana de paz a todos nós!
Vou desenhar um solzinho de giz no chão pra São Pedro ver que já chega...

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Amor pra recomeçar


Todo mundo quer amor. Mas nem todo mundo sabe amar.
Não estou falando daquele amor de novela, que só dá certo até o grito de 'corta' do diretor. Estou falando de amor de verdade.
De amor que faz a gente lembrar de tudo.
De amor que faz a gente esquecer de tudo.
No meio da tarde, sua mesa pode estar cheia de trabalho, sua cabeça pode estar fervilhando de tarefas a eliminar, mas numa fração de segundos tudo pode ir para o espaço, porque não estamos mais ali. Estamos dentro de um abraço que protege, aquece até os pés...
Final do dia. Cansaço, problemas que não pudemos resolver, deveres que foram adiados contra a nossa vontade. Tudo isso some no instante em que lembramos de um sorriso. Mas não serve qualquer sorriso, tem que ser aquele que faz nosso cérebro lembrar que essa sim, é a imagem mais linda do universo.
Tudo isso é muito fácil. No início.
Difícil é depois de um tempão ainda achar lindo quando no meio do dia encontramos com ele e -nossa! Ele está completamente descabelado. Eu acho!
Não é fácil quando os dois não têm o mesmo ritmo, mas isso nos ensina muito a ver a vida de uma perspectiva diferente. Achar beleza em quem amamos não é difícil, basta saber para onde olhar. Não tem nada mais belo pra mim do que um par de olhos castanhos que cabem todo o meu desejo de viver feliz.
E esse blog, ou melhor, essa blogueira é bem mais feliz por viver perdida nessa imensidão castanha...
Desejo para vocês muito amor em 2011!
Amor de verdade, pra valer, pra sorrir, pra cantar, pra suspirar!!!

Se o coração bater forte e arder, no fogo o gelo vai queimar...

2011 aí vou eu!

Oi, pessoal!
Começo de ano sempre me traz sensações conflitantes. Fico numa preguiça em voltar à rotina da vida como ela é. Por outro lado, fico agitada querendo resolver em 1 hora o que adiei por todo o ano velho. Mulheres, quem nos entende...ninguém, eu sei! hehehe
Eu gosto de rotina, mas preciso de sossego. Coisa que em 2010 não rolou. Infelizmente trabalhei com colegas que não me deram o menor descanso. Mas espero em 2011 ter mais sorte! Eu adoro ter muitas coisas para fazer, me sinto preenchida, útil, feliz. Vejo filmes com aquelas damas da sociedade que vivem de tomar chá com as amigas e isso definitivamente não me pertence! Eu gosto de ação, emoção, desafios, mas dentro de uma rotina é melhor ainda. Não me incomoda saber que todos os meus dias serão cheios, minha cabeça é suficientemente organizada para lidar com isso. O que incomoda é me sentir jogada no vento, sem saber nem aonde meu dia vai acabar. Isso me irrita...
No mais, continuo com meus planos de arrumar meu armário para que nada caia sobre a minha cabeça qualquer dia desses, manter minha bolsa numa organização mínima para que nada de dentro dela me morda, comer menos porcarias, arrumar minha pasta de documentos...coisas de mulher e ano novo.
E vocês, já está sendo engolidas por 2011 ou ainda estão no comando? Eu estou por um fio! rsrs
Atenção, como eu estou super feliz com as minhas novas amiguinhas, resolvi acrescentar um mimo surpresa ao colarzinho, assim divido minha alegria com vocês!
Que ainda não se inscreveu, !!!

domingo, 2 de janeiro de 2011

2011 balangandãs!

Oi, docinhos!
O ano novo merece muitos balangandãs (putz, como escreve isso?), vamos começar os trabalhos!
Como esse blog é muito pobre de aquisições (blogueiras não consumistas, assumam-se! haha), quando compro um mimo para mim, me sinto a melhor bolacha do pacote! Acho que um dos aspectos positivos em não ser freneticamente consumista é dar valor às pequenas coisas que adquirimos, porque podem ter certeza de que eu curto pra caramba o que eu compro. Pode ser um alfinete, mas acaba sendo um alfinete querido, e não mais um pra ficar jogado numa caixa com 500 outros.
Desde muito tempo eu aprendi (e me apaixonei por isso!) a ser independente financeiramente. Nada contra quem não é, mas as coisas têm muito mais sentido na minha vida quando são conquistas do meu esforço, da minha força de vontade, do meu trabalho. E outra coisa ótima é que posso gastar quanto eu quiser com o quê eu quiser e não preciso explicar as contas pra ninguém. Isso que é vida!!!
Quantas vezes eu trabalhava feito uma louca até super tarde, acordava cedinho no dia seguinte para estudar, almoçava lendo processos, voltava pra casa tarde da noite (de novo) lendo mais processos, tinha pesadelo sobre os processos pendentes...loucura total. E tudo isso ouvindo que servidor público não trabalha!!! Mas hoje eu olho pra trás e penso: valeu a pena! A liberdade que essa época me ensinou norteia minha vida até hoje e sei que vai durar pra sempre. E não só a liberdade financeira, mas o espaço de poder planejar o que você quer fazer, ser, comprar, realizar.
Meu avô dizia uma coisa muito certa: fazer cortesia com o chapéu dos outros é moleza.
E pra mim não tem moleza mesmo. Valeu, vô! Meu chapéu só corteja quem eu quero, quando eu quero e SE eu quero. Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós!
Agora, depois da desculpa desta blogueira quase franciscana, vamos às recentes aquisições:


Essa pulseirinha foi a culpada das compras! Tava passando inocentemente pelo corredor do shopping quando ela piscou pra mim da vitrine. Juro!!!! Ah...isso derreteu meu coração e eu resolvi dar um lar à coitadinha! hahaha

Fiquei tão emocionada com a piscadinha da primeira pulseira que não podia deixar ela sozinha num porta bijoux frio, solitário, perigoso...resolvi dar uma coleguinha a ela! Essa pulseira é um balangandã master, periquitada!!! As pedras são coloridas e à luz do dia são super chamativas, mas de um jeito bonitinho de ser.

Ah, essa eu comprei pra passar o Reveillón (e esqueci...ggrrr!). Tem uma pinta de não ser nada confortável para usar no dia-a-dia, porque esse 'l' parece assassino. Bom, vou tentar e mostro o resultado depois.
Essas são as minhas aquisições para o 2011 achar que eu sou fina, fashion e chique-no-úrtimo. Será que enganei ele? hahaha
Beijinhos!
ps.: não se esqueçam da inscrição no sorteio!!!

Estou apenas treinando o pulso para envergar com a elegância necessária a minha Tiffany's! #ah, tá!

sábado, 1 de janeiro de 2011

Sorteio!

Oi, pessoinhas queridas!
Como passaram a virada de ano? Espero que tenha sido tudo ótimo!!!
Aliás, é isso que eu espero para 2011, que seja um ótimo ano, de muitas vitórias e alegrias pra gente comemorar com saúde e bolso cheio!!!
Passados os votos ano-novísticos, vamos ao que importa (cruzes, parece até que o ano novo não importa...não foi isso que eu quis dizer, tá!!):
O primeiro sorteio do Doçura!!!! Oba!!! Ok, eu não posso concorrer, mas posso ter um igual, afinal, a gente não sai junto mesmo...hahaha
O mimo que eu comprei para compartilhar com as minhas amiguinhas é esse:


É um colar tipo escapulário. Pode ser usado assim, com os dois corações pra frente, pode ficar um pra frente e o outro no cangote (se é um escapulário, Fá! dããã!rsrs) e ainda os dois corações juntinhos (awwhhhh...). Você decide!
Ele fica mais comprido do que está na foto, mas bem pouquinha coisa.

E antes que meu e-mail fique lotado e o blog congestionado com os pedidos, já esclareço: as sardas não acompanham o produto! hahahaha

Vamos às regras, pessoal!

1 - deixar um comentário aqui se inscrevendo no sorteio (atenção: alguns perfis que não exibem o e-mail, se o seu é assim, deixe seu e-mail na inscrição, ok?)
2 - ser seguidora do blog (vamos ciscar pra dentro!).
3 - morar no Brasil (senão vou falir, gente, foi mal...).

Viram só, simples assim! Aproveitem porque tenho pouquinhas seguidoras, então vocês tem mais chances de ganhar!
Boa sorte para todas!!!
E para mim, porque é o primeiro sorteio que faço...mas não se preocupem, se eu não me entender com o Random (que ainda aguardo instruções da Eulália sobre como usar esse desconhecido), faço o sorteio no papelzinho e coloco no You Tube para auditoria de vocês! hahahaha

Ah, o resultado!!! Dia 22 de janeiro (sábado). Tá bom esse tempo, não tá? Eu sou ansiosa...rsrs
Vou mandar um e-mail para a sorteada para pegar as informações (endereço pra postagem!) no próprio dia 22, e se ela não responder até dia 24, refaço o sorteio, ok?

Beijinhos!

Editando: Como recebi comentários que não são referentes ao sorteio, pensei em fazer assim: cada pessoa que se inscreva no sorteio vai ganhar um número, e é com esse número que vai concorrer no Random, ok? Assim permanece a igualdade da competição.